Pequenos Mochileiros | 5 maneiras de uma criança conhecer o mundo

5 maneiras de uma criança conhecer o mundo

5 maneiras de uma criança conhecer o mundo

24 abril, 2018 | Nenhum comentário

Durante a infância dos filhos, o papel dos pais é estimular a criança a conhecer o mundo ao redor, sempre focado no seu desenvolvimento e autonomia. Mas também é preciso ir além: mostrar aos pequenos que há um vasto mundo lá fora e conhecê-lo pode ser uma aventura deliciosa.

Neste post, separamos 5 maneiras para você ajudar seu filho a conhecer e a se apaixonar pelas histórias, personagens, particularidades e culturas com uma abordagem sem fronteiras.

1 – Leitura

Ler para o filho é o momento de uma relação muito poderosa. Além de dedicar toda a sua atenção e carinho àquele momento, você incentiva a imaginação e contribui muito para o seu desenvolvimento. O hábito da leitura aprimora as habilidades de comunicação e assimilação das crianças, ajudando no desenvolvimento pessoal, intelectual e (futuramente) profissional.

Existem inúmeros livros dedicados ao público infantil: contos folclóricos, narrativas históricas, crônicas com lições sobre comportamento e ética, ficções científicas e mitológicas, entre muitos outros gêneros. O segredo é montar um cardápio variado e ir descobrindo o que ele mais gosta.

Também é válido incentivar a participação ativa dos pequenos. Pergunte o que achou das atitudes do personagem, que parte mais gostou da história; use a criatividade e escute com sincera atenção.

Leia para seu filho

2 – Brincadeiras de criança

Brincadeira é uma coisa séria. É por meio dela que a criança em desenvolvimento vai trabalhar suas habilidades motoras e cognitivas, a criatividade e a imaginação, e ainda experimentar sentimentos como vitória e frustração.

Mesmo as mais simples podem virar oportunidade de soltar a imaginação e aprender sobre o mundo. Seu filho quer construir um castelo de lençóis e travesseiros? Ajude-o e aproveite para contar um pouco sobre os antigos reis medievais, como eram suas vidas e sua história.

Existem também jogos de tabuleiro ou vídeo-games próprios para uma abordagem educativa sobre o mundo, com informações de história e geografia, por exemplo, e com regras que estimulam que a criança investigue e busque as respostas por iniciativa própria; uma ótima forma de aprendizado.

3 – Pesquisar juntos

À medida que os pequenos começam a explorar o mundo, vão surgindo os porques. Eles querem – e precisam –, saber de tudo muito bem explicadinho. Mas não se preocupe: ninguém sabe tudo e não há problema nenhum nisso.

Uma boa saída é admitir o desconhecimento de forma sincera e sugerir que vocês descubram juntos a resposta. Sentem ao computador, na tela do celular ou mesmo busquem por um filme ou livro sobre o assunto, e tentem aprender compartilhando dúvidas e opiniões.

É a chance de viver junto com seu filho a jornada da descoberta do mundo e também de ensiná-lo onde e como buscar respostas com autonomia, além de trabalhar seu senso crítico.

Ler para os filhos

4 – Festivais Culturais

O Brasil é um país abençoado em riqueza cultural. O folclore e os rituais da população indígena que aqui habitavam se misturaram inicialmente com a tradição trazida pelos europeus e, em seguida, com a rica cultura africana. Hoje já somos mais de 200 milhões de pessoas que trouxeram pedacinhos de todo o mundo pra cá.

Nesse caldeirão saiu um dos caldos culturais mais ricos do mundo, com festas, festivais e tradições que despertam o interesse e a imaginação das crianças. Repente nordestino, samba, maracatu, festa do boi-bumbá, capoeira, carnaval e festas de rua são opções incríveis para eles experimentarem um contato próximo com essa riqueza e verem que existe uma magia enorme além das telas de TV e smartphones.

5 – Gastronomia

Viajar e degustar pratos típicos é um ótimo programa cultural para as crianças. Elas podem aprender sobre os ingredientes de uma região, como eram cultivados e preparados, ou como uma receita famosa surgiu em determinado contexto histórico.

Essa abordagem pode ser ainda um caminho para diminuir a resistência do paladar infantil e expandir o horizonte de sabores. Vale lembrar que nem sempre é necessário viajar. Para despertar a curiosidade, você pode realizar o preparo em casa junto com a criança e destacar a história dos ingredientes e do prato.

Essa é a proposta do Pequeno Mochileiro Gourmet: ensinar uma receita simples de cada país para que os pequenos se aventurem, além de terem um contato próximo e real com a cultura daquele país.

diversão na cozinha

Viu só quantas possibilidades para serem exploradas com seu filho? Aproveite as dicas, solte a imaginação e descubra um novo mundo junto com ele.

Que tal compartilhar este artigo com seus amigos nas redes sociais? Boa diversão!




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *