A curiosa fauna da África do Sul

A curiosa fauna da África do Sul

21 junho, 2018 | Nenhum comentário

A savana da África do Sul é um ecossistema com uma fauna muito rica e curiosa. Ali estão as maiores feras do mundo, um time conhecido como “big five”: o elefante africano, o leão, o rinoceronte, o búfalo e o leopardo.

Neste post, separamos pequenas peculiaridades dessa fauna para você despertar em seu filho o pequeno explorador que existe dentro dele, e também conhecer lugares para visitar nesse país maravilhoso.

O gigante elefante africano

O elefante-africano (Loxodonta africana) é o maior mamífero terrestre, vive cerca de 60 anos dos quais ele passa boa parte mastigando. A sua alimentação é baseada em folhas de plantas e árvores e ele pode consumir até 225 kg de folhagem diariamente.

Uma curiosidade sobre esse animal é que ele vive em grupos com laços fortes entre o bando. Quando estão em perigo, por exemplo, os animais formam um círculo em que os mais fortes protegem os mais fracos.

Para quem quer visitar, eles podem ser vistos no Addo Elephant National Park, uma das maiores atrações da África do Sul. O parque também é o lar de várias outras espécies terrestres e centenas de pássaros.

O temperamental hipopótamo

Um dos mais agressivos animais africanos, o Hipopótamo pode projetar seu peso e sua fúria contra qualquer coisa que considere uma ameaça. Esse temperamento faz dele o mais perigoso do continente.

Mas se não forem incomodados, eles se contentam em passar boa parte do dia mergulhados em um refrescante rio. Esses animais gostam tanto de água, que podem submergir por até cinco minutos e inclusive dormir sob a água. Eles emergem para recuperar o fôlego de forma inconsciente, sem acordar.

Podem ser vistos no Kruger Park, uma área com cerca de 20.000 km2 no norte da África do Sul, e que também é a casa de várias outras espécies típicas africanas: são 147 mamíferos, mais de 500 pássaros, 114 répteis, 34 anfíbios e muito mais.

O rei da selva

Não poderia faltar um dos maiores símbolos africanos, o leão (Panthera leo). O título de rei não é a toa: esse é o único felino do mundo que vive em bandos, geralmente composto por um um macho dominante, várias fêmeas e seus filhotes. Além disso, os indivíduos do sexo masculino já vem com uma “coroa” concedida pela própria natureza, que é a sua característica juba.

Na noite africana, as girafas, gazelas, antílopes, zebras, gnus e porcos selvagens ficam em alerta, já que são suas principais presas. Com olfato, visão e audição apurados, e uma estrutura física com capacidade de alcançar até 50 km/h, os leões se tornam caçadores altamente letais.

Existem vários safáris para ter a oportunidade de se aproximar dos animais no continente africano, como na Zâmbia, Quênia, Botsuana e África do Sul. Esses países também buscam manter uma colaboração para combater a caça e o tráfico desses animais, que são os mais vulneráveis da África.

Quer alimentar ainda mais a curiosidade do seu filho? Leve ele para viajar pelo mundo com o conteúdo do nosso blog ou receba mensalmente o material dos nossos pequenos mochileiros.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *